Aguarde, carregando...

Site institucional da Superintendência Especial de Esporte

Logomarca da Superintendência Especial de Esporte

Sergipe vai atrás de medalhas nas Paralimpíadas Escolares 2021

Autor(a): Givaldo BatistaVisitas: 15

19 de novembro de 2021

Twitter Facebook WhatsApp WhatsApp

Imagem de Capa

Está pronta a delegação sergipana que participará das Paralimpíadas Escolares 2021, que acontecem no Centro Paralímpico em São Paulo no período de 22  a 27 de novembro deste ano. 

Promovidas pelo Comitê Paralimpico Brsileiro (CPB), as Paralimpíadas Escolares tiveram a sua primeira edição em 2009. Este é o maior evento esportivo mundial, para crianças com deficiência em idade escolar. Grandes talentos do paradesporto brasileiro foram revelados pelas Paralimpíadas Escolares. 
Em busca de medalhas - A delegação sergipana está pronta e definida e vai buscar medalhas em três modalidades:Paratletismo, que tem como técnico  o professor Antônio Ferreira,o Ferreirinha que leva  14 paratletas, muitos deles  em condições de conquistar medalhas, pois estão entre os melhores do Brasil, em suas respectivas modalidades.
O Vôlei Sentado vai com cinco paratletas e tem como técnico o professor Ezequias dos Anjos. Segundo Ezequias é um time com atletas experientes e qualificados e tem condições de fazer bonito e brigar pelo pódio. A Paranatação do Professor Ivan Secundo vai com  12 paratletas. 
Os atletas são alunos do Centro de Aperfeiçoamento de Esporte Escolar e da rede estadual e municipal de ensino do nosso estado.
Esta semana A Superintendência Especial de Esportes (Supee), reuniu pais e responsáveis dos paratletas para apresentar a logística da viagem, as normas da competição e entregar um kit de viagem aos paratletas e técnicos, contendo camisa de viagem,uniformes, máscaras e kit de lanche. 

Viagem-  A viagem da delegação sergipana acontece na próxima segunda-feira (22) e o grupo de 55 pessoas foi fracionado. O primeiro bloco embarca no voo das 15h25 enquanto o segundo bloco embarca no voo das 17h25
A delegação sergipana na Paralimpíadas Escolares é composta de 55 pessoas: chefe da delegação professora Francine Mocelin, assistente professor Eduardo Perlira. Médico dr. Byron Emanuel, jornalista Francinmare Araujo, 9 staff e 10 acompanhantes. 

Este ano a competição terá 13 modalidades em disputa: paraatletismo, basquete em cadeira de rodas (formato 3x3), bocha, futebol de 5 (para cegos), futebol de 7 (para paralisados cerebrais), goalball, parajudô, paranatação, parabadminton, parataekwondo, paratênis de mesa, tênis em cadeira de rodas e vôlei sentado. 
No ano passado, o evento não foi realizado devido à pandemia da covid-19. Em 2019, mais de 1.200 estudantes-atletas estiveram no CT Paralímpico, principal centro de excelência paradesportivo do Brasil e da América Latina, e um dos melhores do mundo quando o assunto é paraesporte de alto rendimento.

Galeria vinculada

Fotos por: ascom supee