Aguarde, carregando...

Site institucional da Superintendência Especial de Esporte

Logomarca da Superintendência Especial de Esporte

Projeto Atleta Cidadão viabiliza documento de identificação para alunos atletas

Autor(a): Givaldo BatistaVisitas: 27

05 de outubro de 2021

Twitter Facebook WhatsApp WhatsApp

Imagem de Capa

Os alunos atletas que estarão participando dos Jogos Escolares Brasileiros 2021 (JEBs), no Rio de Janeiro, e que ainda não têm ou precisam de uma segunda via dos seus RGs, estão tendo a oportunidade de conseguir esse documento, como processo de inclusão social, por meio do esporte.

 

Nesta segunda-feira, 4, foi viabilizada a confecção da carteira Registro de Identidade Civil (RIC), que substitui a antiga carteira de identidade (CI) ou Registro Geral (RG), para os atletas que participaram dos Jogos da Primavera de 2021 e que foram selecionados para representar Sergipe nos JEBs, que acontecerão no Rio de Janeiro entre os dias 29 de outubro e 5 de novembro. “É uma forma de acesso à documentação civil para o exercício da cidadania”, disse Lucivânia Ferreira, assistente social da Superintendência Especial de Esportes (Supee). 

 

Esse processo é mais uma ação de cidadania, fruto da parceria entre o Instituto de Identificação Carlos Meneses (ICM) e a Superintendência Especial de Esportes, por meio do projeto “Atleta Cidadão”, que tem como objetivo ofertar às crianças e aos adolescentes das escolas de esportes atividades sociais, além de atividades de lazer e esportivas. 

 

Os alunos atletas tiveram o acompanhamento técnico de Lucivânia Ferreira, assistente social da Superintendência de Esporte e idealizadora do projeto, que se reuniu com pais e atletas para discutir condutas e preparativos para a viagem.

 

"O projeto Atleta Cidadão foi pensado justamente para fortalecer a cidadania dos atletas, por meio do esporte. Até porque, nem todo atleta será de alto rendimento, mas, sem dúvida, ele será um cidadão. Então, documentação civil, orientações pró-cidadania e cursos para qualificação profissional são meios que a gente encontra a fim de trazer novas perspectivas para eles. Agora, nesse momento, com os Jogos da Primavera, foi detectado que muitos alunos estavam com pendências nos registros de identidade civil (RG). Então, providenciamos essa regularização”, diz Lucivana Ferreira, estendendo seus agradecimentos ao apoio recebido da equipe técnica e dirigentes do Instituto Carlos Menezes. 

 

Para Jenilson Gomes, diretor do ICM, a ação é muito importante para o Estado e principalmente para os jovens como cidadãos. “Todos os que fazem o Instituto de Identificação Carlos Menezes ficam satisfeitos em poder contribuir com os nossos jovens atletas”.  

 

As demais ações do Projeto Atleta Cidadão são aliadas às atividades esportivas, abrangendo também as áreas da saúde, direitos humanos e ações de cidadania. Foi por meio dele que muitos atletas garantiram sua vaga no JEBs 2021. “O projeto dá suporte e oportunidade a nossos filhos, e isso é muito gratificante” disse Maria Santos, mãe de um dos atletas participantes e beneficiados pelo projeto. 

 

Enquanto isso, beneficiado pelo projeto e de posse do seu novo RIC, o atleta Arthur Oliveira agradeceu aos idealizadores da ação. “Sinto-me feliz por meu time ir representar o estado de Sergipe no Rio de Janeiro. Estamos treinando e focados para dar nosso máximo e representar bem”, afirma Arthur Oliveira, atleta de futsal.