Aguarde, carregando...

Site institucional da Superintendência Especial de Esporte

Logomarca da Superintendência Especial de Esporte

Estádio Etelvino Mendonça 50 anos de glórias e mudanças no futebol de Itabaiana

Autor(a): Givaldo BatistaVisitas: 201

08 de março de 2021

Twitter Facebook WhatsApp WhatsApp

Imagem de Capa

O futebol de Itabaiana este em festa. O futebol sergipano também se une a essas comemorações. Há cinquenta anos, no dia 7 de março de 1971, o torcedor serrano era brindado com a inauguração do então Estádio Presidente Emílio Garrastazu Médici, que posteriormente, em 14 de janeiro de 2016, por decreto governamental, teve seu nome alterado, passando a se chamar Estádio Estadual Etelvino Mendonça, ou popularmente “Mendonção”, como é conhecido atualmente.

O cinquentenário do Estádio Etelvino Mendonça é motivo de orgulho do povo de Itabaiana que tem naquela praça de esportes um cartão postal que revela a força do esporte, da cultura e do povo de Itabaiana. O Governo do Estado de Sergipe, por meio da Secretaria de Educação, Esporte e da Cultura (SEDUC) e da Superintendência Especial de Esportes (SUPEE) se une às comemorações e manifestação de alegria do Povo de Itabaiana nesta data em que se comemora o cinquentenário do Estádio Etelvino Mendonça.    

A construção foi iniciada em 1969 e entregue em 1971. Com uma linha arquitetônica moderna, o Etelvino Mendonça foi por muito tempo a segunda melhor praça de esportes do estado de Sergipe,  a primeira do interior sergipano, sendo superada apenas pela Arena Batistão, na capital.

Naquela praça de esportes o futebol local viveu seus melhores momentos, a partir da data de inauguração. Foram conquista de títulos importantes, vitórias inesquecíveis, revelando grandes craques para o futebol sergipano, o futebol brasileiro e até para o futebol mundial. O itabaianense Edmilson Santos foi o autor do  primeiro gol no Etelvino Mendonça.      

A inauguração - No dia da inauguração, naquela tarde festiva do dia 7 de março de 1971, a Olímpica de Itabaiana recebeu a visita da equipe do Grêmio de Porto Alegre. Foi uma tarde inesquecível e uma partida de futebol da melhor qualidade, apesar de o público ter voltado para casa sem ver gols, (zero a zero foi o resultado), mesmo com a equipe do Grêmio contando com a presença do tricampeão mundial, o lateral-esquerdo Everaldo, que travou um acirrado duelo com o veloz e habilidoso ponta-direita serrano Edmílson Santos, este não deu vida fácil ao famoso lateral.

Participaram daquela pelo time do Itabaiana os atletas Marcelo, Augusto, Humberto, Elísio e Messias; Gustinho, Bené e Zequinha; Edmilson, Horácio e Tatica pela equipe do Grêmio jogaram Jair, Domingos (Espinosa), Di, Beto e Everaldo; Jadir (Júlio Amaral - Ivo), Gaspar e Caio; Flecha, Alcindo (Paraguaio) e Loivo.

 O estádio tem capacidade  para 12.000 torcedores aproximadamente  e está localizado no centro da cidade serrana. O Mendonção é um orgulho para o povo de Itabaiana.

O Etelvino Mendonça passou a ser o campo de mando do Itabaiana. É nele que o time serrano manda seus jogos principais no Campeonato Sergipano e nas competições promovidas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

De propriedade do Governo do Estado de Sergipe, a gestão é da Superintendência de Esportes,  o Etelvino Mendonça tem como administrador Jailton Santos, que cuida daquela praça de esportes com muito carinho e atenção. O estádio precisa de algumas melhorias e deve passar em breve por uma reforma. O Governo do Estado está empenhado na realização dessas melhorias e no mais breve espaço de tempo, promete viabilizar as ações para que aquela praça de esportes fique cada vez melhor e digna de representar a força e a pujança do torcedor serrano.     

Reforma - Entre 2009 e 2010 o estádio esteve fechado para reformas. A obra recuperou a estrutura das antigas arquibancadas, além do fechamento do anel, aumentando em cerca de 30% a capacidade do estádio. Houve acréscimo na altura do alambrado, construção de mais sanitários, construção de plataformas na arquibancada, instalação de novo placar eletrônico, revisão de cobertura em telha de fibrocimento e impermeabilização, dentre outros serviços para recompor toda a estrutura. Ao todo, a obra representou um investimento de R$ 2.089.575,18.

O estádio foi reaberto no dia 30 de janeiro de 2011, com um amistoso preparatório para o Campeonato Sergipano entre o Itabaiana e o Estanciano. Na oportunidade o Tricolor venceu o Canarinho do Piauitinga por 3 a 0, com gols de Binho, Júlio César e Joaldo.

Mudança de nome do estádio - Com base na recomendação 49 da Comissão Nacional da Verdade, o então governador de Sergipe, Jackson Barreto, assinou um decreto estadual em 14 de janeiro de 2016, que alterava o nome de órgãos públicos que homenageiam pessoas que fizeram parte da Ditadura Militar no estado de Sergipe.

Isso incluiu o Estádio Presidente Médici, que a partir desta data, passou a se chamar Estádio Etelvino Mendonça, em homenagem ao ex-político de Itabaiana e incentivador do esporte no município sergipano.

Galeria vinculada

Fotos por: ASCOM/SUPEE